Alma

Manaus, 30 de maio de 2013

Me belisque por favor me faça sentir outra dor!

Eu não aguento mais viver esta nostalgia longe de você, tua distância me faz em silêncio perecer

Minha alma esta rasgada, dilacerada, morta longe de ti

Me sinto caindo, me sinto afogando, me sinto morrendo gota a gota, como os segundo marcados por este ponteiro que não para de girar

 

Alma, energia divina, quem senti e faz sentir, o que acumula a ponto de explodir

Como um pano branco e imaculado, energia pura sem veneno algum

Como a noiva que por de trás do véu, guarda sua pureza, assim vive esta alma na imensidão do mar oculto de minha matéria

Alma faça minha matéria se mover, mostre ao mundo que ainda tenho vida longe de quem amo!

 

Meu semblante não expressa coisa alguma, com um toque fúnebre e censurado, sem destino caminho pra chegar

A dor espelhada em meu olhar quando lembro o tempo que como crianças nossas almas corriam e giravam no jardim desta paixão

Jardim de sentimentos, envolvidos estávamos, hoje nem lembranças me restaram, só o vazio do que arrancado foi do meu interior

 

Doloroso foi te perder para as circunstâncias, mais doido ainda foi acreditar que era o fim, que era sem volta, que trancada estava esta porta

Cruel foi te vê partir, vê você se distanciando, passo a passo, segundo a segundo, me deixando ali parado, como um pequeno floco de neve que mansamente vem caindo e aos poucos sucumbindo ao calor, se esvaindo, derretendo, transformando-se em vapor

Minha alma desolada, minha alma sem controle e emoção, minha alma esta morta, separada do teu coração

 

Você foi meu pequeno, você foi o meu grande, você foi o meu nada e do nada você foi o meu tudo

Você foi o sonho que vivi intensamente, você foi minha cura o que me deixou doente

Você foi e se passou, você foi o meu passado e no presente nada restou

Você é a mancha em minha alma, o nó na minha garganta, a dor da minha infância

 

Você foi, mas de ti em mim ainda muito se restou, sua presença é constante, vivido esta o meu amor

Minha alma é calma e paciente, minha alma sabe que esperar faz com que a distância se torne cada vez menor, sei que no fim dessa história viveremos, só!

Minha alma vive, por tantas vidas vivera, minha alma permanecer em seu canto sentada a te esperar

Minha alma tranquila como as águas de um riacho, minha alga te espera, espero o teu amor

Minha alma queima imortal, minha alma voa como um pássaro neste céu, não importam as circunstancia, minha alma canta no sobrenatural

Viverei pra sempre, por toda minha vida viverei, viverei a cada dia e por todos os dias te amarei

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

 

Garantido o boi do centenário

Manaus, 13 de fevereiro de 2013

A terra treme eu posso sentir e a alegria do meu boi que vem me invadir

Meu coração pulsa em um ritmo acelerado, esta é a emoção de vê meu boi, meu Garantido o boi do centenário

Ele vem surgindo branco e imaculado, vem gingando vem meu boi o touro apaixonado

Sua marca e o coração, rei dos sentimentos, condutor desta paixão

Meu Garantido, meu amor, meu encantamento sem igual, meu Garantido, minha história imortal

Sou homem, eu sou mulher, sou a realidade, eu sou a fé

Sou a inocência da criança que acaba de nascer, sou a sabedoria de um velho que se vê

Sou a história, eu sou “100”, eu sou teu boi, eu sou alguém

Tenho nome, tenho identidade, sou o Boi Garantido, sou a tradição de verdade

Sou um eu sou milhão, eu sou forte, eu sou a emoção

Sou teu choro, sou teu riso, sou eu contigo até o fim e não vou me bandear, sou teu agora, teu desejo de brincar

Sou branco como a paz, sou vermelho como o sangue, sou de luz, eu sou paixão, eu sou em “100” anos a eterna tradição

Sou a miscigenação dos povos, sou teu boi guerreiro, sou lendário, sou boi-bumbá, sou Garantido o boi do centenário

Em cem anos de brincadeira e tradição, te agradeço Garantido por ser desta terra deste chão

Meu coração vibra ao te vê bailar, quero a cada dia minha vida em ti eternizar

Garantido tu me conheces bem em muitos anos tu tens me feito alguém

Minha lagrima acolheu e em meus sonhos veio brincar, por muitos anos me perdeu, mas agora veio me encontrar

Garantido o boi do centenário que em tua historia corra muitos calendário

Por toda minha vida eu vou te amar e levar tua bandeira, Garantido tu será minha maior carreira

O que sei é que pra sempre eu vou continuar, vou dançar, vou cantar tuas canções

Garantido o boi do centenário eterno, apaixonado, Garantido é meu boi, o meu amor, esta eu onde for, será pra sempre meu eterno amor

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Imagem comemorativa Garantido o boi do centenário http://www.boigarantido.com.br/

Imagem comemorativa Garantido o boi do centenário http://www.boigarantido.com.br/

Um novo amor

Há muito tempo eu andava inconsciente, sem razão, a ilusão da vida eu andava em minha vida inconseqüente mais que isso doente

Sedento eu andava, com fome e sede de um amor

Eu procurava, eu caminhava, eu corria e de muito me escondia. Por onde você esteve?

Por tanto tempo procurei incansavelmente, era duro poder pensar que não teria essa sorte, mas eu sabia que em algum lugar te encontraria. E veja só, hoje te encontrei!

Há muito eu sonhava com um amor lindo pra eu viver, sonhava com o dia, e hoje conheci você

Houve tempos que não tinha mais força, minhas pernas cansadas tremiam, não conseguia me manter de pé, eu olhava a minha frente e parecia que estava na marcha ré

Via tudo a minha frente, mas não os alcançava. Foi quando cai.

Dopado, entorpecido, com o rosto no chão em sono profundo, adormecido

Pude sentir sua mão me tocar, pegar em meu rosto e beijar

Pude ouvir tua voz aos meus ouvidos ao meu coração. E não era miragem, seu toque quente era pura verdade, era o toque de tuas mãos

Pude vê em teus olhos o amor, no fundo de teus olhos a paixão, a coragem que carregava durante esta jornada trazida em meu coração

Você me despertou, me trouxe desta vida de andarilho, me fez vê que não precisava muito andar, que em muito não precisava procurar. Você sempre esteve tão perto.

Hoje sei que te amo, hoje sei que sempre te amei, sei que em você sou teu pequeno rei

Um novo sentimento, uma nova vida, uma nova realidade, o que era antes em nós, hoje além da amizade

E não sinto mais esta dor, encontrei em você um novo amor, tenho um novo motivo pra viver, sei pra sempre irei amar você

by: Sr. Patrono

Dentro de mim

Uma lágrima espremida e solitária desprende-se de meu olho castanho

Uma lágrima cristalina, pura desliza por meu rosto deixando sua marca

Por cada poro ela vai sendo devorada, em pequenas gotas se consome nessa estrada

Corre lágrima única e precisa, segue pra liberdade que há dentro de mim, sem a vaidade só a cara da verdade

 

Choro nesta hora, choro, pois dói tudo que há em nossa história

Choro por te vê partir, choro por um dia de minha vida se extinguir

Vejo esta lágrima rolar, vejo ela solta de meu rosto despencar

Mas sei que será um tolo esse tempo, vejo que o há agora não é preciso, mas se torna nosso inimigo

 

Foi duro, amargo, foi cruel, desse jure sou réu

Foi bom enquanto durou, mas choro por que apenas em lembranças se tornou

Foi tortuoso, dolorido, de enlouquecer, me fez em alguns momentos querer morrer

 

Mas logo o vento soprou varrendo toda essa areia, a luz raiou mesmo que por trás de minha cabeça

É difícil e assim será por muito tempo, mas do que preciso para o meu sustento?

Sei que te amei profundamente e posso amar ainda mais, não há nada nesta vida que me satisfaça só o que esta dentro de mim, minha paz

by: Sr. Patrono

Bullying

Tem gente que pensa que é legal, que pra muitos isso da moral

Existem pessoas que vivem a sorrir, mas onde esta o teu sorriso agora? Nada o faz existir

Zoam e caçoam dos que se sentem mais fracos, mas veja só no final onde esta tua força

Se unem e vão contra sua própria existência, são tão tolos e corroem sua própria resistência

 

Sorri, caçoa, zomba e faz o pior, mas em todos os seus momentos, suas malas carrega a só

Fazem da vida dos outros a sua tela sem cor, borram com tinta e a manchão com puro rancor

Excitam sentimentos ruins, levam a todos pra um caminho escuro e sem fim

São pessoas vazias e sem estímulos, merecem o nosso perdão, vamos juntos estender a eles nossa mão

 

Bullying não é legal, maltrata e destrói uma vida, rompe os laços e esburacando a terra

Vamos todos juntos dizer não as ofensas! Vamos todos dizer juntos sim a união e a vida, vamos nos unir e tratar as feridas

Bullying não é legal, seca um ser como uma planta em um vaso em meio a um grande deserto

Vamos nos unir, dar as mãos sincronizar nossos corações e deixar com que eles batam em um único som, vamos se juntar e o bullying abandonar!

Bullying é de ultima, é “UO”, fora de moda, cafona, sem graça, tudo de ruim, bullying não ta pra mim

Quero te vê junto comigo em força e em união, quero vê que ainda resta dentro de ti a humanidade, a compaixão, um fio de amizade

 

As pessoas têm medos, sentimentos que as tornam pequenas, mas desconheço esta dor, pois tenho amigos que não me botam a penhor

Peço que entenda, não ajas assim, o bullying não é legal, nao te faz ter moral e nem melhor do que podes ser

Peço que entenda, existe muito mais na vida do que pensas que tens, seja mais, não zoe, nem maltrate, seja você nesta terra um alguém, não te torne mais dela um refém

 

Nocivo, danoso, o bullying é odioso

Sem chance, sem graça, o bullying é uma farsa

Fraco, sem futuro, tolo, desnecessário, o bullying não te faz mais, só te torna incapaz

 

Seja inteligente, seja mais gente, diga não ao bullying!

Mostre ao mundo que você é mais, que você é capaz

Se junte a nós é dia não, mostre que há em você bem mais do que todos pensam

 

Coragem pra fazer valer as diferenças, força pra romper as barreiras

Justiça pra entender de que nem tudo é tão simples pra uns como é pra você

Vamos juntos se unir em meio a esta escuridão, andar de mãos dadas ao som de cada coração

Hoje e pra sempre ao bullying eu digo não!

by: Sr. Patrono

Correndo o mundo

Por muito tempo esperei que viesse a mim, por muito vivi tranquilamente esperando nem que fosse ao fim

Por muito sonhei que pudesse acontecer, por muitos sonhos vivi mil sonhos com você

Por tanto esperar nunca chegou, por tanto sonhar nada aconteceu, minha vida não mudou e em minha casa sou só eu

Mas vivo este sonho, tenho paciência, ainda não me sinto em estado de emergência

 

Sentado permanecia, vendo o azul do céu

Pronto pra um primeiro sorriso, pra um primeiro momento, não me importava com qual viesse primeiro, só queria que chegasse, que pra minha vida não demorasse

Esperei por um amor, um amor verdadeiro, em minha vida o primeiro

Esperei por uma paixão, algo que mudasse minha mente e que tocasse meu coração

Sonhei com um amor, mesmo que doesse amar de verdade, queria esta dor, algo que me tirasse dessa sanidade

Tive sonhos com uma paixão, sonhei em mergulhar neste oceano de espinho, mesmo que por um segundo, que no final viesse ficar sozinho

 

Mas algo me tocou, em um sopro algo me despertou e me fez vê

Vi que quanto mais eu esperava, mas o tempo passava e a vida seguia caminhando, e eu me perguntava “onde esta você?”

Vi que sonhar era doce e motivador, mas que eram apenas anestesias, uma forma de suportar cada novo dia

 

Decide não esperar mais, despertar do prazer deste sonho

Decide correr, viver a vida em risco

Percebi que meus sonhos eram apenas um sinal, que em minha vida meu amor é bem real

Percebi que esperar era besteira, que só eu permanecia parado, em minha forma em meu estado

Vi que precisava de mais, em minha vida uma nova paz

 

Então abrir meus olhos e logo vi, a chuva que caia do lado de fora da janela me lembrando que deveria esperar

Tirei meus fones do ouvido, e ao som do transito percebi que o caminho era difícil de trilhar

Minha casa estava escura, as janelas fechadas, e só um feixe de luz brilhava em uma das sacadas

Mas me perguntei de quem é a escolha?

 

Decidido eu estava em correr o mundo, decide correr o risco e morrer tentando, mesmo que isso levasse alguns anos

Decidi não parar mais, não me deter mais, ignorar a chuva e caminha pela calçada, se preciso fosse pelo meio da rua, queria era correr o mundo, por ti minha busca continua

Queria amar e ser amado, viver uma paixão, queria estado de espírito, sentimento em meu coração

Queria fazer o que fosse preciso, lutar por um amor

Queria viver um sentimento, mesmo que com ele viesse toda a sua dor

 

Não me deterei por um segundo, quero seus olhos nos meus

Sua boca na minha, seu corpo ao meu, te quero todo dia

Não vou me deter, farei o que for preciso, mesmo que o destino seja as profundezas do abismo

Enfrentarei minha nação, enfrentarei o julgamento dos povos, verei todo mundo com seu dedo a me apontar, mas não me deterei, por teu amor eu lutar

Nada me deterá, jamais! Te vejo em um feixe de luz

Me sinto preso em teus olhos castanhos fixos em meu olhar, olhos que me dizem pra sempre vou te amar

by: Sr. Patrono