Recomeço

Por mais difícil que seja eu vou recomeçar, por toda minha vida continuarei a caminhar

Mesmo que me parem, mesmo que forcem a parar, mesmo que me doa, eu continuarei, eu vou recomeçar

Pessoas me dizem não, pessoas me mostram que tudo é em vão

Pessoas querem me calar, têm pessoas se matando, querendo me vê sangrar

Circunstâncias imperfeitas me jogam na sarjeta e me fazem chorar

São tantos os destinos que de portas abertas me convidam a entrar

São tantos os destinos que como um bom menino me dizem: olá, quer comigo brincar?

Sei que é difícil viver e não ter marcas…

Sei que é bem mais complicado existir que simplesmente viver, ainda mais neste mundo permanecer!

Queria aprender com a garça, que com sua pluma branca alva como a neve, mergulha na lama e ainda permanece sem impurezas, sem manchas segue

“Desabafo: Meio que dei uma derrapada na minha vida esse mês, cai e me arranhei todo e até doeu muito, tenho feridas abertas por toda parte, dor no corpo todo, minha cabeça dói e gira em torno de mim, não consigo raciocinar e perdi a direção. Mas digo a quem quer que seja eu levanto!”

Sou de fé, sou duro e difícil de perder, sou sensível e permeável a morrer

Sou um em meio a um milhão, sou tão justo como um ferido coração

Estou a perecer, pois sei que isto em minha vida é viver

Sou de um tudo um pouco e não abro mão, sou tuas marcas, tuas feridas em teu coração

Quero pra sempre pelo tempo que puder pra frente caminhar com fé

Eu desconheço meu destino em teu olhar, pois eu teu meu recomeço eu vou achar

by: Sr. Patrono

Citação: https://srpatrono.wordpress.com/2011/10/20/desabafo/

Anúncios

Como um pássaro que voa

”Minha visão do que é o amor, do que é amar.”

Maikon R. Costa de Assis (Sr. Patrono)

Como um pássaro que voa e que vive em liberdade

Como um pássaro que voa sinto este amor, sinto que te amo além da vaidade

Como um pássaro a voar, que em cada cântico me leva a sonhar

Como um pássaro encantado vivido e imortal, esse pássaro voa, mas voa no sobrenatural

 

Sinto que é amor o que sinto por você, sinto que é amor, mas como pode pôr tudo a se perder

Sinto o meu amor cai com força até o chão, sinto o meu amor ferido, ensanguentado em tuas mãos

Sinto o meu amor, esse pássaro ferido e moribundo entregue a este mundo

Vejo o meu amor, voando no sobrenatural, cego, perdido como um rejeitado animal

 

Eu te amo e quero te cuidar, eu te amo e quero em meus braços te guardar

Eu te amo e quero te vê feliz, eu te amo e você é tudo o que sempre quis

Eu te amo e te dou a liberdade para amar, é por te amar e te deixo ir, deixo o tempo te levar

Eu te amo e te perdoou meu amor, te perdoou por me machucar e do céu me fazer cair

 

Você é minha pousada meu jardim secreto, você é minha fortaleza o meu sonho te quero bem por perto

Me vejo aqui dançando a sua frente, com passos aleatórios, flutuando levemente

Me vejo cantando aos teus ouvidos, com sussurros e assobios te faço dormir

Te vejo meu amor, te vejo no meu futuro por toda minha dor

Sei que isso é para todo o sempre, sei que meu amor vivera eternamente

 

“O amor é como um pequeno e frágil pássaro de asas machucadas, que você cuida até suas feridas sararem, e quando você o devolve ao ar, a liberdade por mais que você o mande ir ele sempre volta! Ele sempre irá voltar!”

Meu amor é como um pássaro em libertade, ele voa em busta de sua sanidade

Meu amor é fragil e viceral, meu amor agora e teu, mantenha em tua gaiola o meu amor animal

Te dou o meu amor e espero que receba, de mim pra sempre beba

Meu amor é como um pássaro que voa em liberdade procurando conforto em seu coração

Esse pássaro voa vivido, movido por esta paixão, ele voa movido pelo som do teu coração

 

– O amor é como um pássaro que tratado de suas feridas volta a voar, mas que em liberdade ele sempre voltará a sua janela para cantar o seu amor por voce. Pois quem ama agradece, amor e gratidao ocupao juntos o mesmo espaço em um coração.

by: Sr. Patrono

O novo branco

Um novo dia, novo amor, novo sentimento, novo momento de dor

Vejo vir a mim, vejo irradiando dando luz ao meu jardim

Sem tom, sem cor, em acordes mudo perdido esta este amor

 

Suas idéias são loucas, alucinadas que não me levam a nada

Os pequenos agora estão grandes e indecisos, buscam perdidamente em vão

Cegos nas esquinas da Augusta, em tom de felicidades eles estão

 

Vem caindo o anoitecer, trazendo a dor da lágrima que corre

Lágrima que desce ladeira abaixo, se perdendo em milhares nesse espaço

Na corrida decisiva, buscando o novo branco sem encantos e limitações

 

O novo branco. O novo branco. O novo branco

 

Todos têm idéias, todos têm ilusões, estão dando força aos corações

Sem fôlego não conseguem respirar, quero o novo branco, novo amar

Pergunto-me, emergir pra que? Pra neste mundo se afogar, fazer doer!

 

Vai começar tudo de novo, outra vez a partir do nada

Começar agora, que se inicie mais esse novo conto de fada

Em branco esta minha página blindada ao que há de vir

 

Posso colorir ou posso escrever, com manchas posso marcar essa página

Teu espaço irei guardar nesse branco para ti sempre haverá lugar

Quem sabe deixe como esta ou divida tudo, preto e branco

 

O novo branco. O novo branco. O novo branco

 

Mas não posso e não poderei ao amor eu me renderei

Não posso não consigo, sei que haverá cor, disso eu preciso

Amar e ser amado, te vê pintado nas bordas destas páginas

 

Vivo o dom de ser eu, vivo pela força da paixão, preso em teu olhar, pois sou prisioneiro,
culpado por amar

Sou único e imortal, sou solteiro, mentiroso, um vendaval

Sou silencioso, um montão de história, sou tudo o que vier o que resta na memória

Sou o que tu vê neste momento, sou tua fome um monte de bobeira, sou teu castelo de areia

Sou a cor que desbota nesta página ao ser tocada por esta gota de água e sal, sou teu futuro,
sou servo e imortal

Sou o meu amor, sou eu a minha dor, por tantos os momentos o que restou

Sou o que for, o ontem, o agora e o amanhã, sou a alegria a lagarta da maçã

Estou onde estou em meu novo branco meu mundo se encontrou

Meu franco e desajeitado, meu mundo branco agora esta borrado

Isso é o que vivo isso é o que desejo, deitado abraçado com meu travesseiro

Meu novo “EU” agora franco aqui estou eu, em todo meu branco meu mundo se tornou

by: Sr. Patrono

Minha estrela, meu amor

És que vejo nos céus, és que vejo em minha vida continuamente em minhas mãos este anel

És que vejo e meus olhos se enchem de alegria, és que vejo, acabou minha súplica minha agonia

Posso vê bem perto chegar e minha vida entornar, virando a página um novo jeito de amar

Posso vê e estar tão perto, posso vê, pois já chegou minha vida iluminou

 

Iluminou o meu céu, minha cabeça, minha mente me dando força pra continuar

Chegou com o raiar o dia, raiou esta luz que me ilumina, pois bem, me ensina a amar

Virando a página em um borrão do branco estou preso ao azul deste céu

És que chegou iluminando a que mãos devo este anel?

 

Em tudo o que olho vejo o que há dentro de mim

Em teu sorriso tordo, nas cortinas amarelas de teu sorriso a porcaria que há em mim

Nos teus olhos eu me vejo a caminhar, a cada dia o que posso é mais e mais te amar

 

Não quero ir tão longe só onde for preciso pra me encontrar, por toda minha vida quero em teus
olhos me achar

Quero estar onde devo para esta dor a outro eu entregar, minha estrela, meu amor

Sei que se for não voltarei, sei que se cair esta estrela o meu amor eu a farei

by: Sr. Patrono

Pecado brasileiro

Hei morena linda vem cá, hei morena bela deixa meu segredo te falar

Morena que quando passa me deixa em aflição, essa morena chegou aqui na vila deturpando meu coração!

Morena, ai morena o que faço pra te ter, o melhor de minha vida foi te conhecer!

Ah se eu pudesse e tivesse coragem, ah como eu faria dessa morena pra minha vida mais que uma miragem

Morena você é linda e não há igual morena eu confesso te espio todo dia no fundo do teu quintal

Essa morena é a cara do Brasil, ai morena não faz assim comigo não, p** que p**

 

Morena você é linda e tem sabor, você me desperta mil desejos quando passa a todo vapor

Morena te sigo o dia inteiro, meu amor por ti é puro e verdadeiro

Com meus olhos banho teu corpo a cada fio de cabelo

Morena sou louco por ti, não sei até quando a esse desejo vou resistir

Morena brasileira, eitá essa morena existe, acredite ela é verdadeira

Morena a cara do Brasil, essa é daquelas que te deixam com cara de imbecil

 

Cintura fina, corpo de pilão, morena bela com corpo de violão

Morena de cabelos longos e em parafusados, morena que vare a rua deixando todos os caras babados

Mulher estonteante, pra mim empolgante, com um olhar vivo e fumegante me seduz e me leva a perdição, morena liberta, por favor, meu coração

Saiam dêem passagem, a deixemela seguir, que mundo de camaradagem

Morena chocolate, morena a cor da paixão, não sei o que fala mais alto em mim, bate e bate minha mão

 

Você é meu sonho, meu lindo sonho

Você é meu transtorno ao anoitecer, você é minha alegria, minha vontade de viver

Você é mais pra mim que para todos os outros, você é difícil e não me da brecha

Você é o que é, e só posso te contemplar, cada dia que passa minha vida caminha mais devagar

Não sei não, só sei que resisto o que posso, mas o que não posso deixo rolar

Quero poder em minha vida por um minuto em teus braços me encontrar

Você é minha linda sensação, você é a força o pulsar do meu coração

Você é meu por inteiro, morena eu confesso você é meu pecado, meu pecado brasileiro

by: Sr. Patrono