Do lado do avesso

Teve dias que chorei quando era para sorrir, chorava por estar feliz, não sabia o que fazer, só chorava em nada mais eu me encontrava

Teve dias que sorri pra disfarçar quanto na real o que queria era desesperadamente chorar, pois não podia em nada me encontrar

Tive raiva quando na verdade o que queria era pular de alegria, mas eu não consegui a razão não me permitia

Outras vezes quis pular de alegria, mas me fiz indiferente, dei de ombro e não me importei com que há entre a gente

 

Me chame de doido se quiser, me chame de sem noção, de alucinado, do que puder

Não me importo, na verdade me importo, mas não vou demostrar seja inteligente em meus momentos encontrar!

Do lado do avesso, tudo ao contrário, afinal a vida é uma questão de escolha, cada decisão é como frágil bolha de sabão, frágeis se estouram em suas mãos

Do lado do avesso, minha vida pelo contrário, há mais de mim dentro do meu armário

Em meus sonhos, em meus devaneios, há bem mais de mim em meios aos meus anseios do que em minhas conquistas, não importa o que aconteça ainda estou na pista

 

Quando quis me beija não permitir, mas tanto que queria, sonhava com teu beijo noite e dia

Quando quis falar te calei, selando os teus lábios e tanto que queria ouvir

Quando quis me abraçar me fiz distante, mas o que queria era ser pra toda tua vida constante

Não sei o que acontece comigo, não sei o que penso e nem o que tenho que pensar, sei que o quero em minha vida, e em nada consigo encontrar

 

Mas hoje eu compreendo e posso vê, sei que minha vida esta em você

Do lado do avesso, minha vida segue o contrário que quero que siga, mas ainda assim eu seguirei, em todos os momentos o dono de minha vida eu serei

Antes não me permitia, mas agora me deixarei ir, não importa o que eu faça que seja agora e em nada irei disfarçar, só o que quero é que por toda minha vida, nela eu possa me encontrar

by: Sr. Patrono

Anúncios

Correndo o mundo

Por muito tempo esperei que viesse a mim, por muito vivi tranquilamente esperando nem que fosse ao fim

Por muito sonhei que pudesse acontecer, por muitos sonhos vivi mil sonhos com você

Por tanto esperar nunca chegou, por tanto sonhar nada aconteceu, minha vida não mudou e em minha casa sou só eu

Mas vivo este sonho, tenho paciência, ainda não me sinto em estado de emergência

 

Sentado permanecia, vendo o azul do céu

Pronto pra um primeiro sorriso, pra um primeiro momento, não me importava com qual viesse primeiro, só queria que chegasse, que pra minha vida não demorasse

Esperei por um amor, um amor verdadeiro, em minha vida o primeiro

Esperei por uma paixão, algo que mudasse minha mente e que tocasse meu coração

Sonhei com um amor, mesmo que doesse amar de verdade, queria esta dor, algo que me tirasse dessa sanidade

Tive sonhos com uma paixão, sonhei em mergulhar neste oceano de espinho, mesmo que por um segundo, que no final viesse ficar sozinho

 

Mas algo me tocou, em um sopro algo me despertou e me fez vê

Vi que quanto mais eu esperava, mas o tempo passava e a vida seguia caminhando, e eu me perguntava “onde esta você?”

Vi que sonhar era doce e motivador, mas que eram apenas anestesias, uma forma de suportar cada novo dia

 

Decide não esperar mais, despertar do prazer deste sonho

Decide correr, viver a vida em risco

Percebi que meus sonhos eram apenas um sinal, que em minha vida meu amor é bem real

Percebi que esperar era besteira, que só eu permanecia parado, em minha forma em meu estado

Vi que precisava de mais, em minha vida uma nova paz

 

Então abrir meus olhos e logo vi, a chuva que caia do lado de fora da janela me lembrando que deveria esperar

Tirei meus fones do ouvido, e ao som do transito percebi que o caminho era difícil de trilhar

Minha casa estava escura, as janelas fechadas, e só um feixe de luz brilhava em uma das sacadas

Mas me perguntei de quem é a escolha?

 

Decidido eu estava em correr o mundo, decide correr o risco e morrer tentando, mesmo que isso levasse alguns anos

Decidi não parar mais, não me deter mais, ignorar a chuva e caminha pela calçada, se preciso fosse pelo meio da rua, queria era correr o mundo, por ti minha busca continua

Queria amar e ser amado, viver uma paixão, queria estado de espírito, sentimento em meu coração

Queria fazer o que fosse preciso, lutar por um amor

Queria viver um sentimento, mesmo que com ele viesse toda a sua dor

 

Não me deterei por um segundo, quero seus olhos nos meus

Sua boca na minha, seu corpo ao meu, te quero todo dia

Não vou me deter, farei o que for preciso, mesmo que o destino seja as profundezas do abismo

Enfrentarei minha nação, enfrentarei o julgamento dos povos, verei todo mundo com seu dedo a me apontar, mas não me deterei, por teu amor eu lutar

Nada me deterá, jamais! Te vejo em um feixe de luz

Me sinto preso em teus olhos castanhos fixos em meu olhar, olhos que me dizem pra sempre vou te amar

by: Sr. Patrono

Meu coração

Meu coração dói, chora desesperadamente, vive o que ainda não há entre a gente

Meu coração resiste, persiste no que sonha, vive noites e noites em claro com insônia

Meu coração é tão teimoso, tinhoso, mas forte, paciente, por te espera calmante

Meu coração luta pra não esmorecer, ele vive ansiando por ti ter

 

Ao olhar em teus olhos fiquei assim, tão desesperado fora de mim

Ao ver o teu sorriso meu mundo então parou, me deixando confuso, sem saber onde estou

Minha realidade agora é essa, sou um homem apaixonado, em tua teia entrelaçado

Minha vida agora se resume ao amor que sinto por você, ele é em que consiste o meu viver

 

Meu coração foi sábio ao escolher, mesmo que doa, a escolha é você

Meu coração é forte e agüenta, que bata o martelo, que se julguem, dêem sua sentença

Meu coração esta decidido, escolheu viver este amor bandido

 

Sonhar é tão bom, cantar é tão maravilhoso, mas sou de carne, de puro osso

Viver é bem melhor, mesmo que digam que viva só, vou viver, por te amar eu, vou permanecer

Farei o que sinto em fazer, mesmo que sofra, viverei esta paixão, deixarei que sofra se quiser meu coração

by: Sr. Patrono