Minha maior medalha

Nem sei muito que dizer tão pouco o que fazer

Sei que sou grato ao destino que me presenteou e que me permitiu te conhecer

Te tornou meu amigo, amigo pra todas as horas, amigo com poucas páginas e longa história

Tua amizade é especial, em minha vida o ideal

Em uma corrida tão crucial, nesta tão tortuosa estrada da vida de competições

Sei que sou torto e cheio de falhas, mas que sua amizade hoje pra mim e minha maior medalha

Te parabenizo e felicito a você, te digo grande, grande foi o prazer em te fazer viver

Viver esta amizade que acima de toda crueldade vive em nós

Meu brasão, tua amizade é uma marca em meu coração

Na imortalidade ou no fim trazido pela idade, nossa amizade será pra sempre a mais pura igualdade

Pois sei que ela não falha, tua amizade é minha e disso tenho certeza, sei que é pra mim minha maior medalha

by: Sr. Patrono

Anúncios

Post 130

– Hoje vim aqui não para lhes apresentar um novo poema, não por enquanto, mas em breve, claro!

– Mas para lhes oferecer uma linha de como esta sobrevivendo o seu blog predileto (rs). Na verdade eu ia postar um novo poema, um que escrevi dias atrás, mas a própria WordPress vem-me estigado a escrever este texto, onde ela fica sinalizando que estou preste a alcançar o marco de 130 post publicados, então pensei “se a WordPress enfatiza este marco é porque deve ter importância!”, então faço deste meu 130º post neste site https://srpatrono.wordpress.com/ claro, eu mesmo iria estabelecer este marco, mas prefiro fazer o da WordPress um prêmio para nós, um alvo alcançado, minha mais nova conquista.

– Todos sabem e tem acompanhado minha trajetória, simples, mas minha, verdadeira e de coração.

– Neste momento quero publicar meu 130º post deixando claro para o mundo de que meus poemas têm minha marca, meu sinal, a minha luz, o meu brilho e que minha fonte, minha inspiração é meu dia-a-dia e todos os que se estabelecem em minha vida.

– Eu escrevo não por simplesmente escrever ou mostrar a todos o quanto domino a norma culta da minha língua nativa, mas por que tenho um motivo. Eu tenho um motivo, um motivo vivo, você quer saber qual?

– O motivo por que escrevo é simples, é “você”, escrevo porque você existe, porque você esta em mim, escrevo porque vejo luz em teus olhos e vejo o meu caminho, sinto que devo escrever, quando e como, eu confesso que não sei de mais nada nesse mundo, mais sei bem o que escrever.

– Você é meu motivo vivo e é por isso que escrevo.

– Hoje estamos com 130 posts, 8 páginas, 9 categorias, 77 tags, 138 comentários sendo 137 aprovados, 0 pendentes, estamos com mais de 2.000 visitas, parece pouco para muitos, mas já afirmei isso antes, pra mim e como o infinito, tem seu início, mas nunca seu fim e claro vejo esses números, mas não vejo o seu final.

– Por isso agradeço a vocês e peço que fiquem comigo por toda eternidade, obrigado.

Maikon Rodrigo (Sr. Patrono)

“Sou a alegria, a fantasia, sou estresse o dia-a-dia, eu sou teu, meu de todos nós…” by Sr. Patrono

Estrada

Em uma estrada eu me perco, me vejo cego sem orientação e me pergunto. Onde esta a tua mão, onde está teu coração?

Nesta estrada eu continuo, caminhando eu vou e sigo meu caminho, nesta estrada eu vou andando mesmo que meus pés se perfurem em espinhos

Vou seguindo, pra frente eu vou, eu vou neste caminho, a trilha da dor, eu continuo caminhando a procurado do teu amor

Sozinho, isolado carrego minhas lembranças, elas dão forças pra meu passo

Perdido, desorientado continuo caminhando, mesmo que de meus olhos meu sangue venham se derramando

Cansado, sufocado a procura do teu amor, sem força esgotado continuo por onde for

Eu vou caminhando nesta estrada, eu vou seguindo com você meu bom amigo

Eu vou seguindo sem medo, pois em minhas lembranças eu nunca estou sozinho

Vivo em meu coração, você vive em mim meu amigo, meu irmão

Sou por ti apaixonado, sou por ti aprisionado, sou louco por nós dois, você é meu amigo e disso tenho orgulho

Eu posso até caminhar, ir bem longe e me cansar

Posso seguir sem parar por um segundo, por seguir, caminhar por todo o mundo e desmaiar

Por todo o lugar, por todo o espaço eu continuarei, seguirei por esta estrada a procura deste amor cujo já me apaixonei

Amo você e falo sem medo, meu amigo, meu companheiro, em minha luta meu punho guerreiro

by: Sr. Patrono

– Um oferecimento a todos os meus amigos que amo de paixão. Feliz dia dos amigos!