Do lado do avesso

Teve dias que chorei quando era para sorrir, chorava por estar feliz, não sabia o que fazer, só chorava em nada mais eu me encontrava

Teve dias que sorri pra disfarçar quanto na real o que queria era desesperadamente chorar, pois não podia em nada me encontrar

Tive raiva quando na verdade o que queria era pular de alegria, mas eu não consegui a razão não me permitia

Outras vezes quis pular de alegria, mas me fiz indiferente, dei de ombro e não me importei com que há entre a gente

 

Me chame de doido se quiser, me chame de sem noção, de alucinado, do que puder

Não me importo, na verdade me importo, mas não vou demostrar seja inteligente em meus momentos encontrar!

Do lado do avesso, tudo ao contrário, afinal a vida é uma questão de escolha, cada decisão é como frágil bolha de sabão, frágeis se estouram em suas mãos

Do lado do avesso, minha vida pelo contrário, há mais de mim dentro do meu armário

Em meus sonhos, em meus devaneios, há bem mais de mim em meios aos meus anseios do que em minhas conquistas, não importa o que aconteça ainda estou na pista

 

Quando quis me beija não permitir, mas tanto que queria, sonhava com teu beijo noite e dia

Quando quis falar te calei, selando os teus lábios e tanto que queria ouvir

Quando quis me abraçar me fiz distante, mas o que queria era ser pra toda tua vida constante

Não sei o que acontece comigo, não sei o que penso e nem o que tenho que pensar, sei que o quero em minha vida, e em nada consigo encontrar

 

Mas hoje eu compreendo e posso vê, sei que minha vida esta em você

Do lado do avesso, minha vida segue o contrário que quero que siga, mas ainda assim eu seguirei, em todos os momentos o dono de minha vida eu serei

Antes não me permitia, mas agora me deixarei ir, não importa o que eu faça que seja agora e em nada irei disfarçar, só o que quero é que por toda minha vida, nela eu possa me encontrar

by: Sr. Patrono

Anúncios

Um novo amor

Há muito tempo eu andava inconsciente, sem razão, a ilusão da vida eu andava em minha vida inconseqüente mais que isso doente

Sedento eu andava, com fome e sede de um amor

Eu procurava, eu caminhava, eu corria e de muito me escondia. Por onde você esteve?

Por tanto tempo procurei incansavelmente, era duro poder pensar que não teria essa sorte, mas eu sabia que em algum lugar te encontraria. E veja só, hoje te encontrei!

Há muito eu sonhava com um amor lindo pra eu viver, sonhava com o dia, e hoje conheci você

Houve tempos que não tinha mais força, minhas pernas cansadas tremiam, não conseguia me manter de pé, eu olhava a minha frente e parecia que estava na marcha ré

Via tudo a minha frente, mas não os alcançava. Foi quando cai.

Dopado, entorpecido, com o rosto no chão em sono profundo, adormecido

Pude sentir sua mão me tocar, pegar em meu rosto e beijar

Pude ouvir tua voz aos meus ouvidos ao meu coração. E não era miragem, seu toque quente era pura verdade, era o toque de tuas mãos

Pude vê em teus olhos o amor, no fundo de teus olhos a paixão, a coragem que carregava durante esta jornada trazida em meu coração

Você me despertou, me trouxe desta vida de andarilho, me fez vê que não precisava muito andar, que em muito não precisava procurar. Você sempre esteve tão perto.

Hoje sei que te amo, hoje sei que sempre te amei, sei que em você sou teu pequeno rei

Um novo sentimento, uma nova vida, uma nova realidade, o que era antes em nós, hoje além da amizade

E não sinto mais esta dor, encontrei em você um novo amor, tenho um novo motivo pra viver, sei pra sempre irei amar você

by: Sr. Patrono

Beijo

Queria poder escolher, escolher entre a razão e o viver

Queria poder ter, ter tudo o que quero, por um beijo teu eu espero

De sonho eu vivo cada dia, em sonho tudo é a maior harmonia

Sonho toda a noite, sonho sem cansar, sonho em um dia poder te beijar

Quero um beijo teu, ao teu lado sou mais eu, que passe a razão, quero que viva esta paixão

Um beijo teu eu quero mais que tudo, aposto tudo o que tenho, quero teu beijo nem que seja por um tempo pequeno

Quero este beijo e digo eu vou ter! Não importa o que faça eu vou permanecer

Te beijar seria tão bom, sentir tua boa o tom do batom

Desejo este beijo desde o primeiro dia, desejo este beijo vivo em grande agonia

Desejo este beijo há muitas datas, o que preciso fazer o que preciso ter?

Há muito tempo eu espero, anseio por este dia, tua boca eu venero

A vida e curta eu sei, mas como posso partir ainda nem te beijei!

Serei paciente, em tua vida presente, serei o que precisar que eu seja…

Meu coração bate lentamente por que te ama, minha carne treme por querer te encontrar, sei que no tempo certo meus lábios irão falar

by: Sr. Patrono