Correndo o mundo

Por muito tempo esperei que viesse a mim, por muito vivi tranquilamente esperando nem que fosse ao fim

Por muito sonhei que pudesse acontecer, por muitos sonhos vivi mil sonhos com você

Por tanto esperar nunca chegou, por tanto sonhar nada aconteceu, minha vida não mudou e em minha casa sou só eu

Mas vivo este sonho, tenho paciência, ainda não me sinto em estado de emergência

 

Sentado permanecia, vendo o azul do céu

Pronto pra um primeiro sorriso, pra um primeiro momento, não me importava com qual viesse primeiro, só queria que chegasse, que pra minha vida não demorasse

Esperei por um amor, um amor verdadeiro, em minha vida o primeiro

Esperei por uma paixão, algo que mudasse minha mente e que tocasse meu coração

Sonhei com um amor, mesmo que doesse amar de verdade, queria esta dor, algo que me tirasse dessa sanidade

Tive sonhos com uma paixão, sonhei em mergulhar neste oceano de espinho, mesmo que por um segundo, que no final viesse ficar sozinho

 

Mas algo me tocou, em um sopro algo me despertou e me fez vê

Vi que quanto mais eu esperava, mas o tempo passava e a vida seguia caminhando, e eu me perguntava “onde esta você?”

Vi que sonhar era doce e motivador, mas que eram apenas anestesias, uma forma de suportar cada novo dia

 

Decide não esperar mais, despertar do prazer deste sonho

Decide correr, viver a vida em risco

Percebi que meus sonhos eram apenas um sinal, que em minha vida meu amor é bem real

Percebi que esperar era besteira, que só eu permanecia parado, em minha forma em meu estado

Vi que precisava de mais, em minha vida uma nova paz

 

Então abrir meus olhos e logo vi, a chuva que caia do lado de fora da janela me lembrando que deveria esperar

Tirei meus fones do ouvido, e ao som do transito percebi que o caminho era difícil de trilhar

Minha casa estava escura, as janelas fechadas, e só um feixe de luz brilhava em uma das sacadas

Mas me perguntei de quem é a escolha?

 

Decidido eu estava em correr o mundo, decide correr o risco e morrer tentando, mesmo que isso levasse alguns anos

Decidi não parar mais, não me deter mais, ignorar a chuva e caminha pela calçada, se preciso fosse pelo meio da rua, queria era correr o mundo, por ti minha busca continua

Queria amar e ser amado, viver uma paixão, queria estado de espírito, sentimento em meu coração

Queria fazer o que fosse preciso, lutar por um amor

Queria viver um sentimento, mesmo que com ele viesse toda a sua dor

 

Não me deterei por um segundo, quero seus olhos nos meus

Sua boca na minha, seu corpo ao meu, te quero todo dia

Não vou me deter, farei o que for preciso, mesmo que o destino seja as profundezas do abismo

Enfrentarei minha nação, enfrentarei o julgamento dos povos, verei todo mundo com seu dedo a me apontar, mas não me deterei, por teu amor eu lutar

Nada me deterá, jamais! Te vejo em um feixe de luz

Me sinto preso em teus olhos castanhos fixos em meu olhar, olhos que me dizem pra sempre vou te amar

by: Sr. Patrono

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s