Interrogação

“O conhecimento é algo divino, mesmo que nos rasgue a carne como espinhos, ele nos acalma a alma ao encontro do saber, e no fim nos remete a vivermos um pouco mais!”

Por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Anúncios

Lições

Manaus, 11 de julho de 2014

Pensando hoje aqui. Às vezes acho tão difícil amar sinceramente uma pessoa, “amar” é a tarefa mais difícil e cruel que o nos foi dada pelo criador, o Deus dos céus.

Já amei, me apaixonei, me entreguei e dediquei segundo após segundo, minuto a minuto, fôlego a fôlego da minha vida, mas o amor que estava presente no final era como a ansiedade de estar com algo ou alguém, a “alegria” estava nos meus olhos, apenas no que via.

Amar é tão difícil, mas o mais difícil mesmo é ser amado por quem se ama, mesmo que seja um amigo, um familiar ou um cãozinho.

Acho que o único amor que é verdadeiro é o de mãe e filho…

Amor ou convivência, amar ou acostumar com a presença um do outro?

Porque as pessoas sempre te decepcionam quando você mais espera algo de bom delas?

Não espere tanto de ninguém nesta vida, crie expectativas de você e não de outros, pois você nunca se auto decepcionará!

Eu amo meus amigos, amo minha família, intensidades e emoções que me sacodem, me giram e me deixam zonzo, amo o meu “amor” aonde quer que esteja, o amarei no tempo em que for…

Hoje me olhei no espelho e me vi como um corpo nu amarrado de braços abertos em meio a um deserto de emoções e sentimentos, com feridas por meu corpo, marcas trazidas pelo vento, que com seu encantamento me salvou do seu veneno, amor bendito amor, maldito seja este amor!

Eu clamo não por uma devoção, mas imploro que seja verdadeiro, sincero, puro e sem fim, que seja quente teu abraço e perfumado meu jardim.

Não se preocupe com as borboletas, se preocupem com suas flores, cuide delas e as borboletas voltaram, elas a pareceram.

Não ache que estou falando que não se deve amar, pelo contrário, mas que seja este amor como a seiva que renova os galhos ressequidos de uma árvore.

Estes pensamentos escorrem em mim e quero deixar transbordar, por isso planto aqui está semente.

Eu amo quem me amou, eu amo quem me ama, eu amor quem me amará, eu amo meu destino, pois o fim só Deus dará, eu me amo por amar, amo mais a dor do meu amar, amor por ser eu livre, preso neste deserto, amo por seu eu o amor que te encontra, eu amo tudo sempre além, amo o amor que ainda vem.

Amei ontem, amo hoje, amarei amanhã e por todo o meu tempo, eu amo sem desdém, amo porque é tão bom amar, mesmo que me doa e me faça chorar

Amo o amor que um dia fingiu sentir por mim, pois por breves momentos me permitiu em seu acalento cochilar, por isso amo te amar.

Lições eu aprendi ontem, lições eu aprendo agora, lições eu ainda aprenderei, mas no fim eu nunca saberei, eu amo o amor que um dia me fez rei, eu me amo só por te amar, amo um segundo que seja preso em teu olhar, amo pra sempre, mesmo que não dure eternamente o amor me amou, mesmo que se vá!

São lições da vida, a celebração do amor, amor verdadeiro? Quem que sabe, que ame, esqueça a verdade!

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Viver

Eu não tenho medo de amar e não ser amado, eu não tenho medo de tentar e errar, eu não tenho medo de correr e tropeçar, de pular e não alcançar o outro lado, eu não tenho medo de viver pra não correr o risco de morrer. Vivo em cada dia uma grande expectativa, mas o que temo é de que quando eu envelhecer eu olhe pra trás e diga pra mim mesmo “m*** pq não tentei mais, pq não me arrisquei mais!”, não quero me prevenir para não correr o risco de me arrepender, quero nunca me arrepender de não tentar e viver!

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

2013 porque te AMO…

Manaus 31 de dezembro de 2013

Bom 2013 logo se findará dando passagem ao novo 2014, momentos de festas e alegrias, e claro não poderia ficar sem deixar uma pequena mensagem, mas enorme de sentimentos por você.

Quero muito nesta hora convidar você a refletir comigo em tudo, para mim este ano foi complicado, difícil, mas não deixou de ser um ano especial, fiz novos amigos, perdi uns outros, ganhei prêmio por escrever poemas, iniciei minha faculdade, meu grande sonho, por isso, só tenho agradecer, perdi um grande amor, mas já estou mergulhado em um novo, fortaleci laços, desfiz embaraços, chorei por mais de três dias trancado em meu quarto, sorrir por todo instante e fiz muitos sorrirem comigo, ouvi canções que me fizeram dançar, lembrar, sorrir, chorar, cantei contigo e desafinei estas notas, 2013, ah, 2013 que saudades terei de ti, mas obrigado por antes meu presente e agora seres o meu passado, a minha história, minhas marcas que ficaram, enfim, 2013 porque te AMO…

Claro desejo a todos vocês muita saúde, força, que nunca percam este brilho no olhar, que em 2014 todos tenham suas forças renovadas, seus laços restaurados, que Deus os abençoe sempre, que os anjos sejam com todos, nossa se eu for falar, passarei o dia aqui, obrigado por você existir, obrigado por fazer parte da minha vida, da minha história, obrigado por VOCÊ que lê esta mensagem, por ser quem é na minha vida. FELIZ 2014 !!!

Por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Até que tudo faça sentido…

Manaus 24 de dezembro de 2013

Obrigado,

Obrigado meu Deus, obrigado por tudo, por 28 anos de muita luta, mas que no fim de cada uma dela sempre uma vitória, uma superação.

Quis começar com este agradecimento porque afinal, se não fosse d’Ele para Ele nada seria.

Mas também quero dizer obrigado a você meu amigo, família, obrigado a você que faz parte da minha vida de uma forma singular, ímpar, mas você sempre único e indiferente.

Que neste dia, véspera de Natal você possa refletir e perceber o que te constituiu você e fazer perpetuar por mais longos anos à frente.

Desejo a você um feliz Natal, muitas bênçãos, que a luz divina acenda sua vida intensamente, que as bênçãos de Deus sejam derramadas sobre sua vida e de todos os que importam pra você. Feliz Natal a você que me conheci e que me ignora, feliz natal a você que com muita luta conserva nossa amizade, feliz Natal mamãe, meu maior exemplo, minha rainha, feliz Natal minha irmã, meu irmão e sobrinhos, feliz natal cunhada, feliz Natal família próxima, família distante, feliz natal amigos…
Que seja sempre pra mim e pra você um feliz Natal, até que tudo faça sentido!

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Humano de verdade

Manaus 14 de dezembro de 2013

“Dizem que pessoas vêm e vão e isso é verdade”, mas existem pessoas que ficam pra sempre, pois os momentos vividos com cada uma delas é único, é inesquecível.

Faça valer cada momento vivido por você com sua família, com seus amigos e aqueles que te querem bem, a falsidade existe e é algo que o ser humano carrega consigo durante toda sua existência, uns mais e outros menos, cabe a nós identificarmos as pessoas certas.

É correto afirmar que se ama quando se na verdade nem se dá conta de que está ali sempre ao seu lado?

Todo dia me pergunto o que tenho feito com os sentimentos bons que Deus semeou em meu coração, o que tenho feito para carregar este título de “humano”? Pergunta difícil.

A verdade que não é a falsidade, mas sim a ingratidão que machuca.

O ano de 2013 está se encerrando dentro de alguns dias, deixando pra trás dias de dificuldades, dias de bonanças, de frio e calor, de brisa e de dias áridos, mas este dia foi o dia certo que Deus sonhou para cada um de nós, dias que com certeza nos fizeram mais forte, mas experientes, mas sábios, mas sensíveis, preparados para o futuro.

E eu me pergunto, será se eu fui bom o suficiente, se eu fui amigo, irmão, filho o suficiente para merecer estar aqui contigo agora, para esta ao seu lado? É difícil saber!

Só sei que o esforço desprendido será recompensado, pois no fim de tudo posso dizer que sou humano, “humano de verdade!”, não sou muito, mas o pouco que sou eu te dou.

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Totalmente singular

Manaus 12 de novembro de 2013

Sonhei um dia, fechei meus olhos e sonhei, tive desejos então por sua força eu sonhei

Sonhei que não era eu e sim você, sonhei que minha força se fazia em ti querer

Foi um sonho de verdade, era o fio da realidade que me levava de olhos bem abertos a sonhar, eram muitos sonhos vividos no pensar

Sonhei, mas era um sonho diferente, era o meu sonho, minha realidade, era meu, em ti só a vaidade

Vida de um rei eu te concebi, me fiz pobre infecundo, te plantei forte em meu jardim

Te dei cores, te dei sabores, te perfumei e te vesti, ti fiz meu, em minha vida totalmente singular, senti todas as tuas dores só para não te vê chorar

Em meu mundo eu te tornei, em tua frente de cabeça baixa eu sempre caminhei

Você era meu especial amor, por quem vivia a sonhar, você era em mim totalmente singular

Ah, como fui bobo, imaturo, como fui tolo, incapaz de perceber, e vejam só hoje eu largado no chão frio desta calçada

Virou de costas para mim, deixou vazio meu jardim, minha cabeça pediu em sacrifício e no fundo saboreou a minha morte

Ei, me olhe agora, veja minha sorte totalmente singular, caminho dia a dia, sem sonhos pra sonhar!

Mas no fim quem pode dizer que eu só perdi?

Tu vieste para me fazer vê que nem sempre um sonho pode ser tão bom quanto um pesadelo pode te assombrar e eu então pergunto. Totalmente singular?

Mesmo caído, mesmo ferido, mesmo diluído no meio da multidão, invisível como o que nunca virá, esta é a sorte que me deu e eu te agradeço

Sinto que meu coração não bate mais, sem forças, sem paz, em meio ao oceano ele se desfaz

Eu espero que esteja pronto para admitir que perdeu muito mais do que eu, espero mesmo que entenda

A mesma dor que me fez chorar, hoje enxuga minhas lagrimas e me põe a gargalhar

A mesma dor me fez sangrar, hoje cura minha dor e sara minhas feridas, me faz forte como uma águia renascida

A mesma dor que tragou as minhas forças e me fez cair, hoje me ergue e me faz resistir

Que o que se foi siga sem demora, que se vá pra longe, que fique do lado de fora

Totalmente singular foi o meu amor por você, sem vontade sem querer, outro igual você nunca terá!

“Ser forte não quer dizer vencer muitas batalhas, mas sim ser sábio para não gerar uma guerra entre os povos, seu interior.”

Tudo o que quero agora é deixar aqui do lado de fora, deixar aqui onde não mais possa ver, bem longe do meu querer

Tudo o que quero é minha vida outra vez, longe deste jogo de interesses, de mentiras e ingratidão. Coma terra sangrenta paixão!

A vida brinda querendo ser vivida, ela chama pra dançar aqueles que a veem passar, esta é a vida que eu quero por todo o tempo namorar

Sem vida de depois, uma vida de presente, onde tudo eu possa alcançar, quero esta vida de volta, no meu totalmente singular

Escrito por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono), referência SINGULAR, por Maikon R. de Assis.