Ainda estou aqui!

Não sei bem o motivo pelo qual as coisas veem acontecendo, mas elas acontecem e acabam fugindo do controle, te amo como nunca amei ninguém, mas temo que este amor seja o meu maior prejuízo e não a minha maior conquista, estar contigo um segundo apenas e mais do que uma vida inteira longe de você, mas as vezes acho que isso pra você não é tão importante, não gosto de fazer parte do montante, quero ser “eu” em tua vida! Mas o que fazer se a cada dia me sinto afundar cada vez mais nesta lama que muitos chamam de paixão.

Por: Maikon R. de Assis (Sr. Patrono)

Anúncios