Preso em teu olhar

As nuvens dos céus desceram e estão em volta de mim

As nuvens dos céus cairão e agora são como o tapete em baixo dos meus pés

As nuvens dos céus trouxeram o que precisava e me fizeram vê por onde eu estava, onde me encontrava

 

Por tanto tempo andei, por tantas horas e não tinha nada a minha vista

Por tanto tempo caminhei e em teus olhos me perdia de vista

Andava desgarrado, andava solto sem direção, ia onde me leva a voz cega de meu coração

 

Meus olhos não enxergavam a distância, nem tão pouco as pedras no meu caminho

Meus olhos tortos e sem rumo me levavam a esse mar, um oceano de espinhos

Meus olhos precisavam só de um olhar, precisava em teus olhos se encontrar

 

Meu dia era escuro, minha noite também, precisava de teu olho do que me faz mais um refém

Meu ano era demorado e corrosivo, explodia minha vida como um forte explosivo

Nunca soube o que era estação, só sabia o que era a dor em meu coração

 

Via o sangue de minhas veias vermelho correndo pintando todo o chão

Via todo esse sangue lavando minhas mãos

Via pra sempre, via a minha frente, via minha mente confusa tocada impunemente, algo que me deixava assim

Via o que me cegava, via teus olhos longe, distantes de mim

 

Precisa em teus olhos me encontrar, precisava estar preso, preso em teu olhar

Precisava descobrir o amor em te achar, eu sabia que estava preso, vivia preso em teu olhar

Precisava de um gole de água, água pura e cristalina, precisava de água, água pra lavar minha retina

Precisava de um momento bom pra poder sonhar, precisa de mais tempo, tempo pra em teu olhar me aprisionar

 

Sou um bandido, mas sou apaixonado

Sou um perdido, confesso todo errado

Sou louco e sem noção, sim eu sou, não queime sua mão

Sou eu isso tudo, mas me orgulho e não posso me arrepender, em teu olhar quero minha vida fazer valer

Sou desesperado, alucinado e encantador, sou esse que tu vê agora, perdido por amor

Eu sou um preso e refém, eu sou o que todo mundo agora reclama, pois só tu tem

Eu sou zangado, mimado, sou eu teu amigo, namorado, quero em minha vida este lar, permanecer preso, preso em teu olhar

 

Teus olhos são castanhos e os meus de que cor são?

Teu olhar e profundo e dominador, em teu olhar eu me perco, esqueço minha dor

Sinto que tuas mãos estão me tocando fazendo meu coração acelerar, mas me sinto preso, preso em teu olhar

Em teu olhar eu estou preso e se fechar apenas um olho ainda estarei lá, por toda minha permanecerei preso, preso em teu olhar

by: Sr. Patrono

Lindsay Lohan

Lindsay Lohan

– Este poema é uma homenagem a Lindsay Lohan (Long Island, 2 de julho de 1986) atriz, cantora, estilista, e compositora norte-americana. Ficou mundialmente conhecida após interpretar irmãs gêmeas no longa-metragem The Parent Trap, em 1998. Seus filmes de maior sucesso são Freaky Friday, de 2003, Confessions of a Teenage Drama Queen, de 2004, Mean Girls, de 2004 e Herbie: Fully Loaded, um remake do filme The Love Bug (br: Se Meu Fusca Falasse), em 2005, e Just My Luck, de 2006. Atualmente, Lindsay Lohan tem trabalhado no meio empresarial, lançando produtos como uma linha de leggings chamada 6126 e também sua linha de bronzeadores, chamados Sevyn-Nine. Lindsay ainda pretende lançar uma linha de joias e tem um terceiro álbum a ser lançado, chamado Spirit in the Dark.

Fonte: Wikipédia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s