Em um instante

Foi difícil enxergar, perceber o que estava à frente
Foi difícil perceber o que causava tanta dor
Foi tão difícil, mas enxerguei, eu percebi

Foi difícil dar mais um passo, meus pés pareciam preso ao chão
Respirar era difícil como se houvesse um nó em minha garganta
Mas agora posso caminhar, respirar naturalmente

Agora posso vê, olhar pro céu vê o quanto ele é azul
Agora posso correr e gritar, tenho forças, posso caminhar
Agora eu posso e livre estou, livre sou!

Meu coração estava amarrado, preso a você
Andava angustiado, sentenciado a morrer
Morrer por este amor, dopado por amar
Mas agora estou livre, estou forte outra vez, sem você posso caminhar

Não precisei de muito e voltei a sentir o calor do sol
Não me custou muito, e agora durmo tranqüilo, eu e meu lençol
Doeu muito te perder, mais ainda afastar-me de você
Doeu tanto, mas agüento mais esta dor
O que quero mesmo é ser meu senhor

Em um instante percebi o que estava errado
Sofrer era igual a estar do seu lado
Em um instante percebi o que eu era de verdade
Sujo, verdadeiro, louco em insanidade
De um instante apenas eu precisei, em um surto voltei a real
Eu era surdo, mudo e cego, hoje eu ando só, eu me carrego

Foi como um toque celestial, vida humana ou animal, não sei…
Só sei que o que doía não dói mais, o que não via agora vejo, se não andava hoje corro
Agora sou feliz, sou a dona de meu nariz
Em um instante aconteceu, meu coração zombou e sua língua ele mostrou, banana te mandou e livre agora sou

by: Sr. Patrono

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s